13ª Subseção

A OAB de Franca nasceu em 1932, quando a Seccional de São Paulo foi dividida em 28 Subseções. Franca foi a 13ª:

No ano de sua fundação, a Subseção de Franca foi dirigida por Affonso Infante Vieira Filho e, em 26 de março de 1933, Antônio Pinheiro de Lacerda foi eleito primeiro presidente.

1ª Diretoria

Presidente: Antônio Pinheiro de Lacerda
Vice-Presidente: Frederico José Marques
Secretário: Romeu Amaral
Tesoureiro: Affonso Infante Vieira Filho

Em 28 de dezembro de 1934, o jornal Correio Paulistano noticiou o resultado da segunda eleição presidencial da subseção, que era então presidida por Antônio Pinheiro Lacerda. Foi eleito presidente, com 10 votos, o Dr. Romeu Amaral.

"Em consequência do resultado apurado, foram proclamados eleitos, pelo dr. A. Pinheiro de Lacerda, presidente em exercício, os seguintes advogados: Presidente, dr. Romeu Amaral; vice, dr. Frederico José Marques; 1º secretário, dr. Affonso Infante Vieira Filho; 2º secretário, dr. José Arantes Junqueira; tesoureiro, dr. Antônio Pinheiro de Lacerda."

No ano seguinte, em 3 de abril, o mesmo jornal acompanhou a posse de Romeu Amaral.

"Presentes os causídicos francanos, as autoridades locais, representantes da imprensa e demais pessoas gradas, o dr. Pinheiro de Lacerda assumiu a presidência da sessão, convidando para tomar assento a seu lado o sr. dr. Cuba dos Santos, juiz de direito e o revmo. padre frei José de Gonhi, vigário da parochia. Pronunciou, então, um discurso, saudando o presidente recém-eleito, a quem empossou e a todos os presentes."

O envolvimento com assuntos relacionados à democracia faz parte da história da Ordem dos Advogados. A Revolução Constitucionalista de 1932 foi um deles.

Em 17 de julho de 1935, o jornal Correio Paulistano publicou o ato de comemoração ao 3º aniversário da Revolução.

"Realizaram-se, ontem, nesta cidade, com brilho excepcional, imponentes festejos em comemoração ao 3º aniversário da Revolução Constitucionalista. Às 9 horas da manhã, na Igreja Matriz, foi rezada missa solene, tendo a seguir, enorme multidão se dirigido ao cemitério municipal em visita aos túmulos dos cinco francanos mortos na campanha Constitucionalista."

A atual Casa do Advogado, situada na Avenida Major Nicário, foi inaugurada em 1989. O jornal O Estado de S. Paulo anunciou em 1986 a construção da sede da Ordem em Franca:

"Já está garantida a construção da Casa do Advogado em Franca. Com o início previsto para os próximos dias, a obra será levada avante pela secção local da OAB (...). O presidente da secção da OAB, Luiz Eduardo de Freitas Vilhena, pretende, em sua gestão, atingir o objetivo da classe, que é ter a obra concluída. A Casa do Advogado de Franca terá 720 metros quadrados de área construída, três pavimentos, salas para reuniões e anfiteatro..." O Estado de S. Paulo, 1986

Diretoria Atual - Gestão 2016/2018

Presidente: Marlon Cleber Rodrigues da Silva
Vice-presidente: Myrian Ravanelli Scandar Karam
Secretária Geral: Luisa Helena Roque Cardoso
Tesoureiro: Marcelo Noronha Mariano

Galeria de Ex-presidentes

1933/1935 - Antônio Pinheiro Lacerda
1935/1939 - Romeu Amaral
1939/1953 - Affonso Infante Vieira Filho
1953/1955 - Antônio Mesquita de Oliveira
1955/1957 - José Infante Vieira
1957/1959 - Antônio Baldijão Seixas
1959/1961 - Antônio Arruda
1961/1963 - Fued Nassif
1963/1969 - Nassim Salomão
1969/1971 - Geraldo Bachega
1971/1973 - Olintho Santos Novaes
1973/1975 - Oliveiro Diniz da Silva
1975/1977 - William Salomão
1977/1979 - Alfredo Palermo
1979/1981 - Carlos Roberto Faleiros Diniz
1981/1983 - Joviano Mendes da Silva
1983/1985 - Walter Anawate
1985/1987 - Luis Eduardo Freitas de Vilhena
1987/1989 - Nilson Rodrigues
1989/1991 - Sindoval Bertanha Gomes
1991/1993 - Joacir Badaró
1993/1997 - Gilberto Ribeiro
1998/2003 - Sindoval Bertanha Gomes
2004/2006 - Marco Aurélio Gilberti Filho
2007/2008 - Mansur Jorge Said Filho
2009 - Ivan da Cunha Sousa
2010/2012 - José Nelson Aureliano Menezes Salerno

Um pouco mais de história...

Faculdade de Direito de Franca

A Faculdade de Direito foi criada no dia 8 de agosto de 1957 pela lei municipal nº 653, sancionada pelo Prefeito Onofre Sebastião Gosuen após a autorização do então presidente da república Juscelino Kubitscheck. Oficialmente instalada em 28 de março de 1958, o primeiro diretor foi o Dr. Benedito de Freitas Lino, advogado da prefeitura.

No início, as aulas eram apenas noturnas e ministradas nas salas da Fundação Educandário Pestalozzi. Em 1960 a Faculdade foi transferida para algumas dependências do Instituto de Educação "Torquato Caleiro", mais tarde, transferiu-se para o prédio destinado à Escola Estadual "Homero Alves" e em 1967 para um pavilhão do Colégio N.S. de Lourdes.

No décimo primeiro ano de instalação da Faculdade de Direito, a instituição ganhou sua sede própria e definitiva, em março de 1969. O local foi uma doação recebida pela Prefeitura de Franca, uma grande área da antiga "Chácara das Freiras" situada nos bairros da Av. Major Nicário.

A Faculdade de Direito de Franca possui o selo de qualidade emitido pela OAB que reconhece a qualidade do curso jurídico oferecido pela instituição, uma das mais bem avaliadas do Brasil.